Este texto é parte integrante do Blog "a luz dA Luz"

 

Clique e faça uma visita, para ler sobre outros assuntos ligados ao espiritualismo e evolução.

 

 

 

Algo sobre Vidas Passadas.

De: Eduardo Rosinelli

 

 

Tenho dúvida sobre muitas coisas, mas tem uma coisa que tenho absoluta certeza.

Eu já vivi outras vidas (passadas) e viverei muitas outras (futuras).

Isso pra mim é muito claro e não tenho a menor dúvida em relação a isso.

 

O Processo Evolutivo é longo e gradativo. Nossa missão primordial é nos iluminarmos cada vez mais, para retornar a Deus e “iluminar Sua Morada”. Temos a missão de retornar mais iluminados de que quando saímos e alcançamos essa Luz, com nossos atos, pensamentos e intenções.

 

Pois bem, sendo o Processo Evolutivo tão longo e cheio dos mais variados caminhos, é impossível fazer tudo o que temos que fazer em meros 70 anos (estimativa de nossa média de vida).

Pouquíssimos foram os que conseguiram essa proeza, pois em geral conseguimos cumprir nossa Missão depois de passados milhares de anos.

 

Outra coisa que tenho certeza, é que todos nós encarnamos em planetas diferentes, que não necessariamente na Terra.

Sim, existe vida em outros planetas. Pode acreditar nisso.

E nascemos em planetas diferentes, de acordo com a faixa vibratória de nosso espírito no momento de encarnar. Se hoje habitamos esse planeta é pelo mero fato de “vibrarmos” em uma faixa semelhante, característica da vibração da Terra.

 

E vamos passando por mundos e mundos, desde os mais primitivos até os mais avançados (energeticamente falando), fazendo nosso papel em cada um deles, baseados sempre em nosso Livre Arbítrio.

Vivemos muitas encarnações consecutivas em um planeta, até atingirmos a faixa vibratória ideal para “mudarmos” de mundo.

O caminho é longo e são muitos os Mundos a serem visitados. Digamos que a Terra é um planeta que está um pouco aquém do meio do caminho.

 

Uma vez, participei de uma experiência em que pude vislumbrar um Mundo já vivido. Era um mundo tecnologicamente mais avançado, mas vibracionalmente mais atrasado. E um grande erro que cometi naquele Mundo foi resgatada neste, através de um ato de perdão. Podem me chamar de doido, mas só eu sei o que senti quando apaguei aquele carma. Essa foi a ÚNICA experiência de regressão que me permiti participar, devido a uma série de Fatores que me fizeram crer que aquilo realmente aconteceu.

Talvez, se cometesse aquele erro nos dias de hoje, eu pagaria na mesma vida, pois como já comentei em outro texto, não temos mais tempo de ficar acumulando carmas. Hoje em dia, esta valendo aquele velho ditado: “aqui se faz, aqui se paga”.

 

Apesar da experiência comentada acima, saliento que a Sabedoria Divina nos poupa da desagradável lembrança de vidas anteriores, pois elas nada mais podem fazer por nós. São raras as vezes em que nós resgatamos experiências passadas e quando isso ocorre, é por uma forte razão, que não apenas uma mera curiosidade mórbida.

pensou, você saber que você foi o Fulano de Tal, que viveu na cidade de Niterói e que morreu no dia 15 de Outubro de 1947, vítima de câncer? E procurando por registros da época, você descobre onde seu “outro corpo” está enterrado e vai lá visitar seu próprio túmulo? E você iria dizer o que pros filhos e netos do Fulano de Tal? O que será que você sentiria ao vê-los? E eles?

 

Em alguns casos reencontramos pessoas que já viveram conosco em vidas anteriores, mas isso só ocorre quando ainda temos resgates pendentes com aqueles espíritos.

Às vezes sentimos raiva ou amor, por pessoas que acabamos de conhecer e não sabemos porque sentimos isso.

Às vezes, só de bater o olho em alguém já não nos sentimos indiferentes àquela pessoa. Geralmente isso ocorre, pois aquela pessoa já fez parte de sua vida. E quando vocês viveram juntos naquela outra época, é provável que uma “roubou” Luz da outra e esse reencontro ocorre para que as energias entre ambos se reequilibrem.

Os reencontros servem para redimir os erros, agradecer um bem, equilibrar as energias e seguir em frente, cada qual na sua própria evolução.

Existe também a possibilidade de vários reencontros entre duas ou mais pessoas, em um caso peculiar de “cumprirem uma Missão Coletiva“. Mas aí já é uma outra história.

 

O tempo em que um espírito passa no astral é indefinido. Um espírito pode reencarnar em poucos meses, mas também pode levar anos e anos para voltar.

Para o espírito, o conceito “tempo” não existe, pois a fórmula do tempo está ligada à matéria. Tenho que confessar que eu não sei qual a fórmula do Tempo, só sei que a “matéria” é uma de suas variáveis. E que se a matéria é igual a ZERO, então o resultado do Tempo é intrinsicamente infinito. Por favor, não me perguntem de onde tirei essa informação, pois eu realmente não sei. Posso ter “viajado”!!

 

Mudemos de assunto. Pois bem, alguns afirmam que o espírito possui sexo, ou seja, é masculino ou feminino. E nas diversas encarnações o Espírito Masculino será sempre homem e o Feminino será sempre mulher. Eu particularmente discordo. Creio que o Espírito não tem sexo definido e nascemos variavelmente intercalando entre homens e mulheres. Tudo vai depender da Missão que aquele espírito terá que cumprir em determinada encarnação.

 

Mas onde entram as crianças nisso tudo? As crianças que nascem, mas cedo vão embora? Nesse caso pode ser devido a um resgate dos próprios pais. Dessa forma, Grandes Anjos de Luz se oferecem para encarnar naquela criança que viverá poucos dias, poucas semanas, poucos meses. O sofrimento pela perda, irá fortalecer o pai e a mãe, além de resgatar alguma pendência do passado. Com absoluta certeza, aquele Ser Iluminado cumpriu amorosamente, mais uma missão em seus poucos momentos nesta Terra.

 

A todos, uma Iluminada semana.

 

Curta ou Envie este texto para seus amigos.

(Você precisa estar conectado ao Facebook)


 

Visite o Blog  “a luz dA Luz”

 

logo blog.jpg

 

 

a luz dA Luz

no Facebook

 

logo face.JPG

 

 

Envie um e-mail para o autor

email

 

 

 

Deixe um comentário,

Dê sua opinião.

 

blog_opiniao

 

 

 

 

 

_